(49) 3621.2810

Você está em: Início  Edições  Métodos de rejuvenescimento


Equipe

Revista SOS Saúde
(49) 3621.2810
revistasossaude@hotmail.com

Rua Almirante Barroso, 1151 - Centro
São Miguel do Oeste, SC

Métodos de rejuvenescimento

A cada dia surgem novos tratamentos estéticos com a proposta de elevar a autoestima e a qualidade de vida das pessoas. Em meio a tanta tecnologia e inovação, dois tratamentos continuam entre os mais procurados, a toxina botulínica e o ácido hialurônico. Ambos os procedimentos são eficazes para amenizar as rugas, prevenir sinais profundos, combater flacidez e ainda aumentar ou repor o volume dos lábios, perdido com o tempo.

Toxina botulínica

A toxina botulínica, mais conhecida Botox®, é uma toxina produzida por uma bactéria chamada Clostridium Botulinium. A substância é usada para correção de rugas e marcas de expressão. A toxina age paralisando o músculo e consequentemente impedindo a contração muscular, que é o que forma a ruga. Para as rugas que já existem, esse relaxamento muscular suaviza os vincos. A aplicação da toxina botulínica é indicada para as rugas da testa, a glabela (espaço entre as sobrancelhas), os “pés de galinha” e rugas ao redor dos olhos.

Quando injetada nas rugas, a toxina botulínica age bloqueando a transmissão de estímulos dos neurônios para os músculos, impedindo a contração muscular. Em geral as rugas aparecem devido ao envelhecimento da pele, que fica mais frouxa permitindo-se marcar, exposição solar sem proteção, má alimentação e tabagismo. Muitas pessoas também têm o hábito de franzir a testa ao se expressar, o que contribui para a formação de linhas de expressão, que com o tempo poderão tornar-se rugas definitivas.

A aplicação da toxina botulínica é feita por agulhas bem finas, na área a ser corrigida. Deve ser feita por profissional médico treinado e experiente, no consultório, sem necessidade de anestesia. Porém o efeito não é imediato, as primeiras alterações começam a aparecer somente depois de 3 a 7 dias. Os efeitos da toxina botulínica duram em media de 4 a 6 meses.

Após a aplicação, a pele pode ficar um pouco sensível e inchada, uma dor de cabeça temporária não é incomum. É recomendado evitar a prática de atividade física no mesmo dia e permanecer no mínimo por 4 horas sem massagear os locais, pois o efeito da aplicação pode ser reduzido.

O Botox® pode atuar de duas maneiras:

1 - De forma preventiva: É a aplicação de botox® antes mesmo do aparecimento de linhas de expressão. Como a contração muscular é paralisada, não haverá a formação de rugas por movimentação muscular na área que foi aplicado o botox®. Geralmente a aplicação preventiva é feita por volta dos 25 anos de idade, mas não existe uma idade certa.

2 - De forma reparativa: esse tipo de aplicação é realizada quando já existem rugas. Como o botox® tira a tensão da musculatura, as rugas causadas por esses músculos são amenizadas.

Ácido hialurônico

O ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo e que está presente principalmente na pele. Sua função é reter água, conferindo hidratação e volume. Com o passar do tempo e com o processo de envelhecimento, esta substância se degrada e o corpo diminui sua capacidade de reposição. O resultado é a perda de volume, de contorno e o aparecimento de rugas estáticas, conferindo ao rosto uma aparência mais envelhecida e cansada.

Entre as principais indicações para o preenchimento estão: rugas finas no rosto, bigode chinês, rugas nos lábios, sulcos no canto da boca, correção de cicatrizes, aumento do volume dos lábios, preenchimento para olheiras e olhos fundos.

O procedimento é realizado em consultório com anestesia tópica, através de agulhas ou cânulas que variam em dimensões e calibre, conforme o local a ser tratado.

Os resultados das aplicações surgem logo após o procedimento e duram em média um ano, dependendo do organismo de cada paciente e da profundidade de cada região afetada.

Após o procedimento pode ocorrer uma leve dor, inchaço e hematomas no local, que geralmente desaparecem com alguns dias. Para diminuir o desconforto, podem-se aplicar compressas de gelo. É necessário o uso de protetor solar e evitar atividade física nas 24 horas após o procedimento.

Portadores de doença autoimunes como lúpus, grávidas, mulheres em processo de amamentação, pessoas imunossuprimidas e alérgicas a qualquer componente da formulação não devem se submeter ao tratamento.

Procure seu dermatologista e certifique-se da qualidade do produto que está sendo aplicado em você. A escolha do produto é muito importante para o resultado final.

Diferença entre Botox® e ácido hialurônico

Muitas pessoas ainda confundem e pensam que os procedimentos agem da mesma forma, porém existe uma diferença entre os dois. O botox® age paralisando o músculo, ao evitar sua movimentação, ele impede a contração muscular, que é o que forma a ruga. E nas rugas já existentes, a substância relaxa os vincos. Em contrapartida, o ácido hialurônico repõe o volume perdido de determinadas áreas da face, preenche sulcos e melhora o contorno do rosto.

Dra. Alessandra Toscano de Brito

CRM/PR 15412

Médica Dermatologista


(49) 3621.2810

revistasossaude@hotmail.com

Rua Almirante Barroso, 1151 - Centro
São Miguel do Oeste, SC

Mapa de localização

Revista SOS Saúde © Todos os direitos reservados